catarse curta

A arte pede ajuda! Conheça o curta A Professora de Tênis

11.9.15Luisa Ikemoto



Fazer arte no Brasil é difícil. Fazer cinema é pra poucos. Pros loucos e destemidos. A história de abandono do Pólo de Cinema de Sobradinho em uma cidade que sempre borbulhou de criatividade e cultura é um exemplo claro disso. Com pouco apoio, quase nenhum financiamento e muita garra, o cinema brasileiro está ocupando cada vez mais espaço, conquistando prêmios e emocionando a audiência. Com tão pouco suporte e um resultado tão incrível, tem como a gente achar que investir nessa área é um erro?

Bom, falei tudo isso porque queria apresentar para vocês Cássio e Érika. Eles são dois irmãos que se reconhecem como mineiros-brasilienses (como eu!) e estão tentando sobreviver nesse mundo de pouco investimento e muita vontade de dar certo. O curta A professora de tênis precisa de ajuda para virar realidade. Eles estão no Catarse tentando levantar uma grana para tirar o projeto do papel.

O Cássio dos Santos, diretor e roteirista do curta, é formado em Cinema na UnB, e já fez sete curtas, participou de mais de 150 festivais de cinema e têm acumulado prêmios nacionais e internacionais por aí.

Seguindo o irmão, a protagonista Erika Santos entrou no mundo das artes cênicas, se formou na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e participou da produção de diversos filmes, como Faroeste Caboclo, bem conhecido pelos brasilienses. Ela também atuou em várias peças e agora quer desbravar a telona.

Não vou entrar em muitos detalhes, já que está tudo bem explicadinho na página deles. Para quem quiser ajudar, o projeto deles fica no Catarse até o dia 16/9 (corre aí!). Neste link estão todas as informações sobre o filme, os gastos com a produção, e claro, o formulário para doar.

De brinde deixo vocês com A menina do espantalho, curta produzido pela dupla:

Você também pode curtir

0 comentários

Inscreva-se

Formulário de contato